Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Dinheiro

Bilionários com menos de 30 anos são todos herdeiros, diz pesquisa

De todos os 15 bilionários do mundo com 30 anos ou menos, todos se beneficiaram de grandes heranças; entenda!

Fabio Previdelli
por Fabio Previdelli
[email protected]

Publicado em 04/04/2024, às 10h20

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A bilionária mais jovem do mundo, de Santa Catarina - Reprodução / Instagram / @liviavoigt
A bilionária mais jovem do mundo, de Santa Catarina - Reprodução / Instagram / @liviavoigt

Uma pesquisa feita pela revista Forbes revelou que todos os 15 bilionários do mundo com 30 anos ou menos não criaram sua própria fortuna, mas sim se beneficiaram de enormes heranças. 

O grupo faz parte da chamada primeira leva de "grande transferência de riqueza" — do qual espera-se que mais de 1.000 ultra ricaços repassem mais de 5,2 trilhões de dólares (ou R$26 trilhões) aos seus herdeiros pelas próximas duas décadas. 

+ Família de Elon Musk tinha uma mina de esmeraldas ligada ao Apartheid? Entenda

Conforme aponta matéria do The Guardian, nunca existiram tantos bilionários no mundo como atualmente: 2.781. Mas espera-se que esse número seja ainda maior nos próximos anos, à medida que a geração das pessoas super-ricas idosas comece a repassar suas fortunas aos seus filhos. 

Quem são?

Entre o grupo estão os irmãos irlandeses Firoz Mistry (27 anos) e Zahan Mistry (25), que possuem, cada, cerca de 4,9 bilhões de dólares provenientes de suas participações na Tata Sons, empresa-mãe do conglomerado indiano Tate Group, dona da Jaguar Land Rover. Os irmãos herdaram 4,6% da empresa em 2022, após a morte do pai deles, Cyrus Mistry — que faleceu menos de três meses depois do avô deles, Pallonji.

Na lista também estão os três filhos de Leonardo Del Vecchio, fundador da marca de óculos de sol de luxo Luxottica. A holding da família detém quase um terço da EssilorLuxottica, a empresa por trás da Ray-Ban e da Oakley. Desta forma, Leonardo Maria (28), Luca (22) e Clemente Del Vecchio (19) têm uma fortuna estimada em US$ 4,7 bilhões cada.

Outro nome que chama a atenção é a da bilionária mais jovem: a brasileira Livia Voigt (19), herdeira da companhia de máquinas e equipamentos WEG em Santa Catarina. Com um patrimônio de US$ 1,1 bilhão (R$ 5,56 bilhões); o que equivale, em média, a uma renda diária de R$ 763.252,84 desde 10 de julho de 2004, seu nascimento. Ela ficou com parte da fortuna de seu pai, Werner Ricardo, morto em 2016. Sua irmã mais velha, Dora Voigt de Assis (26) também está na lista.

Por fim, especialistas do banco suíço UBS disseram que "durante os próximos 20 a 30 anos, mais de 1.000 dos multimilionários de hoje deverão transferir mais de 5,2 bilhões de dólares para os seus herdeiros", segundo o The Guardian. O número foi calculado de maneira simples, somando a riqueza dos 1.023 bilionários que hoje têm 70 anos ou mais.

Olhando para o longo prazo, a riqueza excepcional resultante do boom da atividade empresarial desde a década de 1990 estabeleceu uma base para as futuras gerações de famílias bilionárias", completam.