Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / Monarquia

Monarquia: O que acontece com a rainha Camilla se Charles III morrer antes?

Coroados no último ano, após a morte da rainha Elizabeth II, chama atenção que papel a rainha Camilla exerceria caso o rei Charles III venha a óbito antes dela

por Thiago Lincolins
[email protected]

Publicado em 13/02/2024, às 14h10 - Atualizado em 15/02/2024, às 21h01

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
O rei Charles III e a rainha Camilla - Getty Images
O rei Charles III e a rainha Camilla - Getty Images

Nos últimos dias, os britânicos foram surpreendidos com a notícia de que o rei Charles IIIfoi diagnosticado com câncer. No entanto, pouco se sabe sobre a condição atualmente, sem que o tipo de câncer tenha sido divulgado.

Afastado de suas atividades públicas, o monarca “é muito otimista sobre seu tratamento e espera retomar suas funções públicas o quanto antes”, explicou o Palácio de Buckingham. 

A notícia, entretanto, preocupa os súditos. O rei Charles III e a rainha Camilla foram coroados em 2023. Meses após a cerimônia, surge a dúvida do que aconteceria com o título e papel de Camilla caso o monarca venha a óbito antes dela. 

Como repercutido pela People, a realeza já tem tudo em mente. Se Charles III falecer antes de sua esposa, ela passa a ser conhecida como rainha viúva. Além disso, poderia escolher o que fazer até o final de seus dias. 

Assim, explica a revista Caras, Camilla teria a opção de se aposentar e viver uma vida tranquila numa casa de campo, ou seguir com suas funções de membro da família real e realizar trabalhos com a caridade. 

A rainha Camilla - Getty Images

De qualquer maneira, a esposa do rei Charles III não seguiria como rainha do Reino Unido. Isso porque, a monarquia estabelece que, após a morte do rei (ou rainha), é necessário seguir a linha de sucessão do trono.

Linha de sucessão

Com isso, quem assumiria o trono é o príncipe William ao lado de Kate Middleton, que passaria de princesa de Gales para rainha ou rainha consorte. No entanto, a situação de Camilla não seria novidade. No passado, essa situação ocorreu com os pais de Elizabeth II. 

Quando o monarca George VI morreu em 1952, a Rainha Elizabeth, se tornou rainha-mãe quando Elizabeth II, sua filha, assumiu o cargo oficial. No entanto, ao invés da aposentadoria, ela optou por seguir com os compromissos oficiais da família real britânica até sua morte, em 2002.

Até os 101 anos, a rainha-mãe participou de eventos, por exemplo. O mesmo poderia acontecer com Camilla Parker.